Pular para o conteúdo principal

Os advogados e o STF


Parentes de ministros do STF passaram a ser alvos de questionamentos, por trabalharem em escritórios de advocacia que atuam em causas das instâncias superiores. São esposas, filhos e etc, que de alguma forma, seja jurídica e, ou administrativa, estão envolvidos com essas bancas de advocacia mais procuradas em Brasília para defesas junto ao TSE, STJ, STF.
A presença dos parentes nos escritórios não devem ser consideradas ilegais, todavia, cabe aos ministros, quando diante dos processos defendidos por esses escritórios que constam parentes seus, julguem-se impedidos. Essa é a questão.
A suspeição de um julgamento por envolvimento de parentes em escritórios aumenta a sensação de insegurança jurídica, além de desgastar, ainda mais, a imagem da maior Corte de julgamento do país, que pode ser evitado pelo simples manisfesto de impedimento dos ministros.
Esse é o clima instalado na capital federal no meio das discussões dos Poderes, e essa exposição por suspeição de privilégios para decisões que envolvam parentes nos escritórios, deve provocar acirramento entre os poderes Legislativo, Excecutivo e Judiciário.

Heleno e as mudanças

Em entrevista concedida neste domingo (01/09) ao Faxaju Online, Heleno Silva deixa claro que acredita no processo de mudança pelo qual passa o País, incluindo Sergipe – “é claro” – lembrando que esse processo teve início em 2018, “quando muita gente que não aparecia no radar das perspectivas de vitórias” acabaram ganhando o pleito. Essa mudança virá em razão da crise econômica e dos escândalos de corrupção. Tudo isso tornou o eleitor mais seletivo na hora da escolha.

Riachão tem nova prefeita

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE) encerrou as 17 horas a votação da eleição suplementar que definiu o novo prefeito do município de Riachão do Dantas e que foi realizada neste domingo, 01 de setembro. A eleição foi aparentemente tranqüila, tendo sido registrado apenas dois casos em que foi preciso o uso da força policial para manter a ordem pública e a outra situação envolvendo suposto uso financeiro na campanha. Nas duas situações, os casos estão sendo investigados.
Simone Andrade Farias Silva (PCdoB) foi eleita prefeita de Riachão do Dantas. Ela deve exercer o mandato até 31 de dezembro de 2020. Com 100% das urnas apuradas, a candidata recebeu 7.243 votos, o que corresponde a 56,61% dos votos válidos, contra 4.678, correspondente a 36,56%, de Manuela Lisboa Costa (PSC), segunda colocada. A diferença foi de 2.565 votos.

Notícias falsas

O presidente Jair Bolsonaro lamentou neste sábado (31) a derrubada do seu veto, pelo Congresso Nacional, a penas mais duras para quem propaga notícias falsas, as chamadas fake news, nas eleições.

Mega acumulada

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.184 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (31) em São Paulo. O prêmio acumulou.
As dezenas sorteadas foram: 15 – 36 – 45 – 51 – 52 – 59.
A quina teve 64 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 55.232,15. Já a quadra teve 5.158 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 979,02.
O próximo sorteio será na quarta-feira (4) e o prêmio é estimado em R$ 72 milhões.



Comentários

Mais Lidas

Candidatos devem ter no mínimo 10% de votos do quociente eleitoral

Até abril os partidos estarão trabalhando para organizar suas chapas proporcionais, que este ano traz mudanças para a apuração dos candidatos que serão considerados eleitos. Era comum que alguns eleitores e até mesmo candidatos e políticos que não conheçam muito bem o processo eleitoral brasileiro, se questionem quando um candidato recebe mais votos e mesmo assim não é eleito, enquanto a vaga fica com um político menos votado.
Os parlamentos estão cheios de "eleitos" com pouquíssima representatividade, mas, foram favorecidos pelas regras que só sofreram mudanças a partir da eleição de 2020, quando serão escolhidos os prefeitos, vice e vereadores dos municípios de todo Brasil. Para chegar as composições das Casas Parlamentares este ano, os partidos não poderão fazer coligações, o que implica em alcançar o Quociente Eleitoral com os seus próprios candidatos. Como encontrar o Quociente Eleitoral? Para encontrar o quociente eleitoral é preciso saber o número de votos válidos dos res…

O Fundo do Poço de Ismael!

Fundador do Partido dos Trabalhadores em Sergipe, ex-deputado estadual, candidato a prefeito de Aracaju pelo PT, e político atuante à época, Ismael Silva, que anda fora da cena política atual, faz um desabafo do que vem ocorrendo no Brasil, e critica duramente o comportamento do ex-presidente Lula, principalmente, numa relação que ele diz existir entre o PT e o narcotráfico. O ex-petista assegura no seu artigo que o "PT, definitivamente tornou-se na sua cúpula uma organização criminosa". A seguir, o artigo na íntegra de Ismael Silva, extraído de sua página no facebook:
"O FUNDO DO POÇO!
Meus amigos(as), tenho adiado tratar esse assunto aqui já há algum tempo. Mas não dá mais pra segurar. A coisa passou de todos os limites! Me refiro ao nível de envolvimento de Lula e do PT, com o narcotráfico no Brasil! Já são inúmeras as provas dessa relação associativa. Áudios, discursos sinalizando o compromisso com o crime. E agora agradecimento público de financiamento das despesas e i…

E Jackson Barreto? Para onde vai?

O que ficou decidido na reunião do Partido dos Trabalhadores que ocorreu nesta quinta-feira, 9, é que o PT terá candidatura própria, e até o final do encontro, o único nome colocado para disputar a eleição de Aracaju foi o de Márcio Macedo, que contou com o apoio de lideranças da sigla, como a vice-governadora Eliane Aquino, o senador Rogério Carvalho, e outros filiados expressivos. As justificativas declaradas por alguns que usaram da palavra durante a reunião, pontuavam entre a necessidade do PT retomar sua história política na capital, quando liderou o processo com Marcelo Deda, e também da ausência de Edvaldo Nogueira nas lutas que os petistas lideram em todo país. O impeachment de Dilma e a caravana Lula Livre foram citadas para enfatizar o comportamento disperso do atual prefeito de Aracaju. Para o senador Rogério Carvalho, Edvaldo preferiu adotar uma postura de bom gestor, e abandonou a luta política que o PT liderava, para caminhar ao lado do ex-deputado federal André Moura, à é…