Pular para o conteúdo principal

DEM trabalha fortalecimento unindo experiência e juventude

Se alguém estiver pensando que os democratas estão buscando filiados apenas com o propósito de fazer número em seus quadros está enganado. O objetivo é mais abrangente e estratégico do que se imagina.


O presidente nacional do partido, Antônio Carlos Magalhães Neto, prefeito de Salvador, tem discutido a estrutura e organização da sigla em todo país dentro da nova realidade do perfil político brasileiro, quando a população se encontra muito mais próximo dos acontecimentos através da revolução das redes sociais, que registram e dão conhecimento em tempo real.
O DEM tem um quadro de filiados influentes na configuração atual de Poder no Brasil, a exemplo do presidente do Senado, David Alcolumbre, como o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia. Além desses postos, os democratas ocupam espaços relevantes no executivo federal, comando ministérios e órgãos importantes no governo Bolsonaro.
Pensando nessa transição que a política brasileira atravessa a partir da eleição do presidente Bolsonaro, quando o eleitor escolheu seus representantes de forma mais independente, renovando as Casas Legislativas de quase todo país, os democratas buscam um fortalecimento unindo a experiência com a juventude, atraindo novos nomes para atender esse objetivo.
"A renovação nem sempre está associada às idades dos membros de um partido. As idéias que devem ser renovadas e discutidas com as gerações que sucederão a política do Brasil", comentou um democrata, fazendo referência ao prefeito de Salvador, ACM Neto, que vem fazendo uma administração revolucionária em Salvador.
Aqui em Sergipe, o presidente estadual do DEM, experiente político e ex-deputado federal José Carlos Machado, tem trabalhado o fortalecimento, atendendo as pretensões da direção nacional, atraindo políticos experientes e jovens, que possam juntos fazer do partido uma agremiação plural, com o perfil que o eleitor brasileiro vem desejando nos pleitos recentes.
Os democratas querem candidaturas próprias em todas as capitais do país, inclusive, Aracaju, que deseja lançar o deputado estadual Garibalde Mendonça, ainda no MDB, mas, com encaminhamentos de migração para o DEM, depois que sofreu um processo de discriminação política no atual partido, tomando conhecimento das decisões da executiva estadual pela imprensa, sem qualquer comunicação prévia.
A mudança de partido para quem está no exercício do mandato tem impedimentos legais, porém, existem consultas na Corte Superior Eleitoral com o objetivo de autorizar parlamentares estaduais e federais mudarem de partidos sem o prejuízo do mandato. Um desses casos é o próprio Garibalde Mendonça, que já tem seu filho no comando do DEM de Aracaju. Tudo pode acontecer diante dessas consultas, inclusive, nada.
Bosco Costa cassado
O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu na tarde desta quarta-feira (04) pela cassação do deputado federal por Bosco Costa (PL). Além da cassação, Bosco fica inelegível por oito anos. Bosco Costa foi julgado, acusado pela Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe (PRE/SE), de abuso de poder econômico nas eleições 2018.
Política salarial
Na manhã desta quarta-feira, 4, o deputado estadual Iran Barbosa, mais uma vez, apelou para que o governador do Estado exercite alternativas, junto com os sindicatos das diversas categorias, para uma política de recuperação e manutenção do poder aquisitivo dos salários dos servidores públicos.
Almoço sem pompas
Ontem o governador Belivaldo Chagas esteve almoçando num modesto restaurante na rua Paraíba, no bairro Siqueira Campos, com mais cinco ou seis assessores e seguranças. Cardápio bem popular: carne assada.
Motorista de aplicativo
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que os motoristas de Uber não têm vínculo empregatício e, por isso, não podem reivindicar direitos na Justiça trabalhista. A decisão, publicada ontem (4), foi tomada na semana passada, por unanimidade, pelos dez ministros que compõem a Segunda Seção da Corte.



Comentários

Mais Lidas

Candidatos devem ter no mínimo 10% de votos do quociente eleitoral

Até abril os partidos estarão trabalhando para organizar suas chapas proporcionais, que este ano traz mudanças para a apuração dos candidatos que serão considerados eleitos. Era comum que alguns eleitores e até mesmo candidatos e políticos que não conheçam muito bem o processo eleitoral brasileiro, se questionem quando um candidato recebe mais votos e mesmo assim não é eleito, enquanto a vaga fica com um político menos votado.
Os parlamentos estão cheios de "eleitos" com pouquíssima representatividade, mas, foram favorecidos pelas regras que só sofreram mudanças a partir da eleição de 2020, quando serão escolhidos os prefeitos, vice e vereadores dos municípios de todo Brasil. Para chegar as composições das Casas Parlamentares este ano, os partidos não poderão fazer coligações, o que implica em alcançar o Quociente Eleitoral com os seus próprios candidatos. Como encontrar o Quociente Eleitoral? Para encontrar o quociente eleitoral é preciso saber o número de votos válidos dos res…

O Fundo do Poço de Ismael!

Fundador do Partido dos Trabalhadores em Sergipe, ex-deputado estadual, candidato a prefeito de Aracaju pelo PT, e político atuante à época, Ismael Silva, que anda fora da cena política atual, faz um desabafo do que vem ocorrendo no Brasil, e critica duramente o comportamento do ex-presidente Lula, principalmente, numa relação que ele diz existir entre o PT e o narcotráfico. O ex-petista assegura no seu artigo que o "PT, definitivamente tornou-se na sua cúpula uma organização criminosa". A seguir, o artigo na íntegra de Ismael Silva, extraído de sua página no facebook:
"O FUNDO DO POÇO!
Meus amigos(as), tenho adiado tratar esse assunto aqui já há algum tempo. Mas não dá mais pra segurar. A coisa passou de todos os limites! Me refiro ao nível de envolvimento de Lula e do PT, com o narcotráfico no Brasil! Já são inúmeras as provas dessa relação associativa. Áudios, discursos sinalizando o compromisso com o crime. E agora agradecimento público de financiamento das despesas e i…

E Jackson Barreto? Para onde vai?

O que ficou decidido na reunião do Partido dos Trabalhadores que ocorreu nesta quinta-feira, 9, é que o PT terá candidatura própria, e até o final do encontro, o único nome colocado para disputar a eleição de Aracaju foi o de Márcio Macedo, que contou com o apoio de lideranças da sigla, como a vice-governadora Eliane Aquino, o senador Rogério Carvalho, e outros filiados expressivos. As justificativas declaradas por alguns que usaram da palavra durante a reunião, pontuavam entre a necessidade do PT retomar sua história política na capital, quando liderou o processo com Marcelo Deda, e também da ausência de Edvaldo Nogueira nas lutas que os petistas lideram em todo país. O impeachment de Dilma e a caravana Lula Livre foram citadas para enfatizar o comportamento disperso do atual prefeito de Aracaju. Para o senador Rogério Carvalho, Edvaldo preferiu adotar uma postura de bom gestor, e abandonou a luta política que o PT liderava, para caminhar ao lado do ex-deputado federal André Moura, à é…