Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2019

Julho sem arrecadação

O momento difícil que atravessam os estados e municípios é voz corrente de todos os gestores que estão à frente da gestão pública. Não há recursos para serviços essenciais, e muito pior para investimentos em favor da população.

Aqui em Sergipe não é diferente das demais unidades da federação, e tende a ficar pior diante do posicionamento que o SINDIFISCO decidiu adotar nos primeiros dias do mês de julho. É que os auditores fiscais entrarão em greve por cinco dias e com possibilidades de mais dias de paralisação, se não chegar a bom termo as negociações da categoria com o governo.

De acordo com o presidente do sindicato, Pedroza, não houve avanço nas negociações com o governo estadual relativo à proposta construída com gestores da Sefaz relativa ao Prêmio de Incentivo à Arrecadação, e a decisão pela greve se deu em protesto à ausência de resposta do governo.

Sem desmerecer os demais setores que compõem a estrutura do Estado, a Sefaz é sem dúvida a base de toda pirâmide administrativa, por…

Velhos caciques e as novas aldeias

O título deste comentário me surgiu tão logo soube da nomeação de Milton Andrade para o comando da CODEVASF em Sergipe, no entanto, antes mesmo de concluir, já se noticiava que reações na Casa Civil do governo federal impedia a posse de para o cargo. Então, resolvi manter o texto, e colocar com o verbo inevertido.

A configuração da política de Sergipe começaria a conhecer nomes mais recentes nas ocupações dos espaços públicos, ainda que não possamos considerá-los novos, como alguns gostam de se posicionar.
A notícia mais recente que chegava para a continuidade deste novo cenário seria a indicação do ex-candidato ao governo, Milton Andrade, o que segundo constava, deveria assumir o comando da CODEVASF pela lavra do senador Alessandro Vieira do Cidadania.

Nomes como o de Milton Andrade e tantos outros capazes de assumir postos nos governos federal, estadual e municipal, trazem um ar de renovação, principalmente, por fazer cessar o rodízio produzido pelas indicações dos políticos mais an…

Moro X Congresso Nacional

Moro X Congresso Nacional
Os valores que a política consegue inverter são incrivelmente vistos no caso que envolve o ministro Sérgio Moro, diante de conversas vazadas que teve com Procuradores da Operação Lava-Jato.
Quem imaginava o ex-juiz Moro sendo inquerido por fichas sujas, inclusive, alguns exercendo o mandato com recursos extraordinários, e o benefício de liminares concedidas às vésperas da eleição e de tomar posse?
Depois que se tornou ministro, a turma da lama do Congresso Nacional tenta a todo custo colocar o ex-juiz na vala comum, por duas ou três linhas de conversas de rede social, parecendo que o crime de corrupção praticado por muitos dali seja um "pinto" diante do conteúdo publicado pelo site do marido do deputado do PSOL do Rio Janeiro, David Miranda.
O país necessitando de um caminho mais harmônico para encontrar a retomada do desenvolvimento, e o que se vê é uma concentração nas discussões em torno de duas pautas: "Lula livre" e "Reforma da …